PESQUISA
 
NEWSLETTER
 
RESERVE O SEU ESPAÇO
 
 


 
Mário Cesariny - Encontros XI
organização Fundação Cupertino de Miranda | comissários Perfecto E. Cuadrado e António Gonçalves
23, 24 e 25 de novembro de 2017

A Fundação Cupertino de Miranda organiza, entre os dias 23 e 25 de novembro, a décima primeira edição dos Mário Cesariny – Encontros em Vila Nova de Famalicão.
A Fundação, como detentora do legado do artista Mário Cesariny, realiza anualmente os Encontros com o intuito de homenagear um dos principais representantes do Surrealismo português, considerado um dos grandes nomes da cultura nacional.
A programação é vasta com oficinas de expressão plástica, lançamentos de livros, declamações de poesia, entre outros.


MÁRIO CESARINY| ENCONTROS XI
23, 24 E 25 DE NOVEMBRO 2017

Quinta-feira | 23 novembro
10h00, 11h00, 14h30, 16h00   
Os poemas de Cesariny, oficina de expressão plástica direcionada para o público escolar e sénior. Serviço Educativo *

Sexta-feira | 24 novembro

10h00
Autografia – Mário Cesariny (2004, 93 min.), exibição do filme do realizador Miguel Gonçalves Mendes direcionado para o público escolar. Auditório **
14h00-18h00
Poesia na Rua pela Oficina Locomovente da Poesia. Coordenação de Isaque Ferreira, com João Rios e Rui Spranger

21h30
O Meu País é um Insuflável, espetáculo de teatro, escrito e encenado a partir da poesia de Mário Cesariny pela Fértil - Associação Cultural. Auditório **

Sábado | 25 novembro
    
11h00-13h00
Poesia na Praça pela Oficina Locomovente da Poesia. Coordenação de Isaque Ferreira, com João Rios e Rui Spranger.
14h00-15h30
Sábados em família “Jogo esquisito“, oficina de expressão plástica direcionada para famílias (adultos e crianças). Serviço Educativo *

15h45
Lançamentos:
Caderno 16 - Centro Português do Surrealismo, apresentado por Perfecto E. Cuadrado. Pequeno Auditório **
Mário Cesariny Poesia, apresentado por Perfecto E. Cuadrado e Vasco David
Mário Cesariny: Uum rio à beira do rio - cartas para Frida e Laurens Vancrevel, apresentado por Frida e Laurens Vancrevel, Manuel Rosa e Perfecto E. Cuadrado.
Pequeno Auditório **
    
17h30
Afinal o que importa não é a literatura, concerto de No Precipício Era o Verbo (André Gago, António de Castro Caeiro, Carlos Barretto e José Anjos). Auditório **

18h30
Cocktail

Entrada livre
* Participação sujeita a marcação prévia. Atribuição de certificado de participação
** Entrada sujeita à lotação do espaço



Galeria [+]
                     

[voltar]